terça-feira, 4 de junho de 2013

Da ´Vacatio discordiam´

Amanhã vai começar a semana romântica do ano, sensação especialmente forjada pelo comércio e aceita por apaixonados consumidores ou consumidores apaixonados. Precedentes indicam que é um período de paz e calmaria onde só o amor tem vez.
Batizei de Vacatio discordiam esse período que antecede o dia 12 de junho, espaço de uma semana, no máximo duas, em que nenhum do casal propõe/sugere/vivencia uma briga ou D-érre.
A Vacatio discordiam protege o núcleo emocional de ambos, que se mantém incólume a qualquer debate ou discórdia, inclusive sobre o restaurante. Notem que sempre um irá ceder e acatar a difícil decisão: Pizzaria rodízio ou Santo Garden à La carte (cuja escolha consciente definirá os contornos do restante da noite).

A situação mediana não sofre nenhum abalo com tal período cor-de-rosa, porque a virtude está no meio e o relacionamento feliz não diferencia calendário.
Já as duas extremadas situações ´´dá`` ou ´´desce`` padecem de uma tensão especial..
A) Situação pendente/perigante ´´DESCE``: 
sofre uma neutralização, já que qualquer indício de dúvida é jogado para além-julho, porque a felicidade da troca de presentes numa suíte cara tem efeitos duradouros e, se for perspicaz, o autor da proposta de tempo/término deixará tudo stand by até ganhar distância da data festiva, evitando mágoas. É uma lógica.
B) Situação pendente/perigante ´´DÁ``:
sofre "A" pressão! São felizes, mas algo precisa consolidar... Tipo ficantes quase-namorados ou namorados quase-noivos.. E quem não sonha ser pedido em casamento nessa data? Ups. Pequeno erro de gênero: .. quem não sonha ser pedidA
E aí está a vacatio discordiam no sentido da forca, digo, da força do matrimônio enquanto símbolo de estabilidade, construção de família e amor eterno.
De todo modo, a Vacatio discordiam existe, mas passa super-rápido.
Aproveite essa trégua feliz para usar o Visa como se não houvesse amanhã com flores, chocolate, lingerie..
Ou, melhor ainda, livros – esses, sim, eternizáveis.  

E lembre-se de que o último minuto do Dia dos namorados dá lugar ao primeiro minuto do dia de Santo Antônio.

P.s.: do latim, discordia ou discordiam significa fora do coração (dis=fora e cordia=coração).

Um beijo bom, <3
Camilla.

3 comentários:

Anônimo disse...

E o que falar dos relacionamentos que depois de muitossssss anos ainda parecem eternos namoros???? Quantos destes nós conhecemos???? bju doce

Anônimo disse...

Pra quem não conhece, essa é a Camilla Caetano!!! Jovem escritora e minha amiga!!!! Com certeza muitos se identificarão! Aqueles que amam, gostam, ficam ou curtem alguém!!! Perfeito, não há como deixar passar por "brancas nuvens"essa "tensão"vivida nessa semana pré Valentine's Day!!! Parabéns Camiss, um grande abraço, Kim!!

Camilla Caetano disse...

Que honra vê-lo comentar aqui!! Muito obri! :)
Adoro vc, Kim, meu irmão xifópago! hahahah

Ocorreu um erro neste gadget