quinta-feira, 25 de abril de 2013

Intervenção de Terceiro #1, com Débora Arsand

Como eu havia anunciado novidades, aí está a primeira postagem da 'Intervenção de Terceiro' - seção reservada para os pitacos/dicas/resenhas literárias de amigos convidados. A amiga e colega do MP, Débora Arsand, inaugura esse espaço comunitário com o livro O iluminado, obra do mestre da literatura de horror Stephen KingBora conferir??
Cena clássica do filme... "Here's Jonny!!"

Como a gente começa a se meter no blog alheio?! Indo direto ao ponto falando do livro ou fazendo um pouco de rodeios para ser mais bem compreendida? Bom, talvez um pouquinho de rodeios faça bem. Quando a Camilla me convocou (!) para esta missão (aliás, obrigada!), imediatamente fui dar uma olhada nos meus livros com o objetivo de escolher o meu preferido para esta resenha. E foi quando eu percebi que eu não tenho tantos livros assim. Não me entendam mal, eu leio! Sempre estou com um livro por perto. Mas, felizmente, na minha família todo mundo lê também e, por acreditar que a função social do livro é ser lido, e não apenas comprado, pego muitos emprestados (e sempre devolvo, caso a lembrança de emprestar um livro tenha causado algum arrepio por aí). Então, tendo que buscar na memória os meus preferidos, não foi difícil lembrar deste clássico do terror.                                                                                                   
O Iluminado (1977) fala da sofrida família Torrance (Jack, alcoólatra e escritor fracassado, a depressiva esposa Wendy e a criança Danny, que sofre com convulsões inexplicáveis). Jack consegue o emprego de zelador no velho hotel Overlook, levando toda a família para lá residir por aproximadamente seis meses (os meses de baixa temporada, quando o hotel fica vazio), acreditando ser esta também uma boa oportunidade para escrever.
Só que o Overlook (que acaba se tornando um personagem do livro) não é um hotel comum. Isolado, vazio e cercado por neve, não permite qualquer comunicação externa. Assim que os personagens passam a serem os únicos moradores do local, o Overlook vai, sutilmente, interferindo nas suas relações. Ao longo do livro, o isolamento no hotel acaba por ser enlouquecedor, e em meio a esta perceptível sentença de morte Danny compreende que é Iluminado (embora não se saiba ainda se isto é bom ou ruim).
O livro é bem descritivo, o que aumenta o suspense e o torna, realmente, assustador. Stephen King nos leva pelos corredores do hotel a cada exploração do local por Danny. A história é repleta de cenas sombrias, deixando o leitor tenso e ansioso, e as personalidades vão aclarando ao longo da leitura, transparecendo os motivos que os levaram a praticar determinados atos.

Em 1980, o livro foi adaptado para o cinema com direção de Stanley Kubrick e Jack Nicholson no papel de Jack Torrance, tornando-se um clássico do século! Achei o ´The Shinning` uma ótima adaptação do livro (embora eu seja do time que sempre acha o livro melhor) e também recomendo, especialmente depois de ler o livro. 
Já li outros livros do talentoso escritor Stephen King e, sem dúvida, ele é muito hábil na tarefa de envolver os leitores. Devorei o livro em poucos dias!
Recentemente, descobri que Stephen King está planejando uma sequência para a história, com lançamento previsto para setembro de 2013 (Doctor Sleep), mostrando Danny como um homem de meia-idade. Contando os dias.
Débora Arsand.
SHOW, Débora!! Obrigada!! ;)
 A seção Intervenção de terceiros começa em grande estilo, pois Stephen King dispensa apresentações e a resenha da Débora super despertou a vontade de ler O iluminado! E mais, ela teve o cuidado de não fazer spoiler e ainda finalizou com a novidade de uma aguardada sequência da história! 
Quanto ao filme, a que já assisti, aconselho uma companhia corajosa, chocolate para aliviar a tensão e um cobertor para, eventualmente, cobrir os olhos. 
 
Um beijo bom,
Camilla. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Escolha realmente perfeita, o filme é ótimo e agora vou procurar o livro.....
Também faço parte do time que prefere o livro!!!
Bju Doce

Ocorreu um erro neste gadget